Agendamento Seguro-desemprego

Os trabalhadores que foram dispensados sem justa causa precisam dar entrada no Seguro-desemprego para garantir o amparo legal enquanto buscam uma nova recolocação no mercado de trabalho. Todavia, o Seguro-desemprego como vários serviços do Governo Federal recentemente sofreu alterações. Se você precisa desse importante beneficio deve ler este artigo com bastante atenção, pois agora para se solicitar o seguro é importante realizar o agendamento Seguro-Desemprego que deve ser feito pela internet.

Agendamento Seguro Desemprego
Agendamento Seguro Desemprego

Se você ainda não sabe como fazer, não se preocupe, pois o procedimento é bem simples e rápido. Confira!

Como agendar o Seguro Desemprego

Esqueça aquelas longas filas que caracterizavam os Postos de Atendimento do Ministério do Trabalho, pois isso ficou no passado! Agora, o procedimento inicial é eletrônico, ou seja, a partir do seu próprio computador você poderá fazer o agendamento do seguro desemprego virtual para o atendimento presencial.

Nesta modalidade você poderá escolher a melhor data e horário que deseja comparecer pessoalmente ao Posto de Atendimento para dar a entrada no seu Seguro-desemprego 2018. Assim sendo, será necessário acessar o Sistema de Atendimento Agendado (SAA) através do link:

http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam)

Observe que no lado esquerdo de sua tela há as seguintes opções: Agendar, Reagendar e Cancelar. Já na parte central da tela, aparece o formulário que, após escolher a primeira opção, se deve preenchê-lo com as informações iniciais básicas que são:

  • Estado onde reside;
  • Seu município;
  • Tipo de Atendimento (escolha “Entrada no Seguro Desemprego)
  • Digite o código de segurança que é gerado automaticamente pelo sistema e, em seguida, clique em “Prosseguir”.
Seguro desemprego Agendar
Seguro desemprego Agendar

Na nova janela informe os dados pessoais solicitados e depois escolha a melhor data e horário que deseja comparecer ao Posto de Atendimento do Ministério do Trabalho. Se, em algum momento após a efetivação do agendamento você perceber que não será possível comparecer no dia e hora previamente marcada, não tem problema!

Acesse novamente o link do SAA, clique em Reagendar, preencha corretamente o formulário e escolha outro momento que lhe será mais apropriado.

Agendamento seguro desemprego pela internet

Como o objetivo do Ministério do Trabalho é diminuir o número de filas e melhorar o atendimento público, o sistema de agendamento virtual pode ainda não estar funcionando em todas as cidades, uma vez que o modelo é recente. Por outro lado, grande parte das regiões, metrópoles e cidades de médio porte já contam com essa importante ferramenta.

A dica é: Acesse o link e verifique se sua cidade já realiza este tipo de serviço. Se a resposta for negativa, você deverá se dirigir a uma unidade de atendimento do Ministério do Trabalho para realizar o procedimento tradicional.

Como sacar o Seguro-Desemprego?

Uma vez que o seu auxílio desemprego tenha sido aprovado, basta comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal ou à uma lotérica de posse do seu Cartão Cidadão e solicitar o saque do seguro. Você também pode solicitar o depósito do dinheiro diretamente em sua conta corrente ou poupança Caixa.

Quem tem direito ao Seguro-desemprego?

Nem todos os trabalhadores que perdem o seu emprego podem pedir esse beneficio, o qual é direcionado para os seguintes casos:

  • Trabalhadores domésticos e formais que foram dispensados indiretamente ou sem justa causa;
  • Trabalhadores formais que tiveram os seus contratos de trabalho suspensos devido à participação em programa de qualificação profissional ou curso que tenha sido promovido pelo empregador;
  • Pescadores profissionais que estejam em período do defeso;
  • Trabalhadores que foram resgatados da condição próxima a de escravidão.

Viu como é simples fazer o agendamento? Então se você gostou, deixe a sua curtida no botão abaixo.

Calendário Bolsa Família 2018

Está querendo conhecer o Calendário Bolsa Família 2018? Depois de um ano conturbado na política do país como acabou se mostrando 2016, ocorrer alguma dúvida sobre como será efetuado o pagamento do programa de distribuição de renda Bolsa Família 2018 é absolutamente normal.

Então se você faz parte de uma das famílias beneficiadas acompanhe esse texto para acabar com os questionamentos e acompanhar de forma mais fácil o Calendário bolsa família 2018.

Quando é feito o pagamento do Bolsa Família 2018?

Cartão Bolsa Família
Cartão Bolsa Família

A data do pagamento do programa funciona de forma um pouco incomum pois ele é estabelecido a contar do último número do PIS (Número de Identificação Social) da pessoa responsável e devidamente registrada para receber o benefício, antes dessa data ele ainda não estará disponível.

Procure no seu cartão o número do PIS e compare com a tabela no calendário, por exemplo, se o último número da sua sequência é 4, em janeiro a data para o seu saque é dia 23/01/2018, em fevereiro 16/02/2018 e assim por diante.

Calendário Bolsa Família 2018

Confira agora a tabela com as datas de pagamento:

Calendário Bolsa família 2018
Calendário Bolsa família 2018

Como sacar o Bolsa Família 2018

O saque é feito através de qualquer agência/caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal, Correspondentes Caixa Aqui ou Lotéricas com o cartão Bolsa Família e também um documento com foto.

Somente o titular do cartão Bolsa Família pode sacar o benefício. Você também pode sacar com o seu cartão, outros benefícios, como o abono salarial 2018.

Atenção: É de extrema necessidade que as famílias sigam o cronograma corretamente para não ocorrer perca do pagamento.  Os benefícios devem ser sacados em até 90 dias, caso contrário o valor será perdido.

Como sacar o Bolsa Família sem o cartão cidadão

Basta ir à uma agência da Caixa Econômica Federal, munido de qualquer documento de identificação com foto, e avisar que deseja efetuar o saque do benefício pois não está com o cartão. Independente do motivo (extravio, perca, roubo, etc) você vai conseguir fazer o saque.

Valor do Bolsa Família 2018

Para ter direito de se candidatar ao benefício, é necessário estar em situação de extrema pobreza, com uma renda per capita familiar de até no máximo R$ 170 (dependendo a família) ao mês e os valores que o programa oferece vão mudando para se encaixar melhor a necessidade de cada família como explicamos aqui.

pagamento Bolsa Família
pagamento Bolsa Família

Recadastramento Bolsa Família

É de extrema necessidade que as famílias sigam o cronograma do recadastramento obrigatório corretamente para não ocorrer perca do pagamento. Esse recadastramento ocorre para evitar fraudes no programa para que assim somente quem realmente necessita do auxílio continue recebendo. Para isso é necessário o responsável pela família ir até a Prefeitura de seu município em posse destes documentos:

  • Documento de identidade;
  • Cartão Cidadão;
  • Comprovante da renda per capita da família;
  • Certidão de nascimento de todas as crianças da família.

Uma vez entregue a documentação é feita uma reanalise do caso e sendo aprovado já é reiniciado o pagamento do benefício.

Aquelas famílias que não atualizam o cadastro correm o risco de perder o direito a continuar recebendo o programa, então se você não quer deixar de receber o Bolsa Família em 2018 mantenha seus dados SEMPRE atualizados ano a ano.

Agora você já pode acompanhar as datas de pagamentos do seu benefício com tranquilidade. Para mais informações é só ligar 0800-707 2003 com o número do NIS ou Cartão do Bolsa Família e sempre acompanhar o nosso site do PIS 2018.